A arte de gerenciar egos em uma equipe

Para quem é ou já foi líder, sabe que a função exige uma certa ‘imposição’ que pode (e vai) ser confundida ego inflado, dureza nas decisões, gente torrando o saco com teimosias desnecessárias, e que muitas vezes aquele amizade pode descer ao nível de coleguismo por causa do desempenho de ambos.

Quase nunca será tão fácil lidar com egos se você não gostar das pessoas do jeito que elas são e respeitar suas posições, crenças e canseiras. Pois é, e saiba que como líder, você não está livre de ter de estudar as pessoas e seus comportamentos.

Quantos livros, palestras, estratégias, artigos etc., falando sobre como liderar melhor existem no mercado? É um assunto polêmico porque exige habilidades de motivação, de auto-ajuda, de desenvolvimento pessoal… assuntos que são ignoradas, principalmente por quem vem da área técnica.

Tá com problemas? Comece a estudar o que é o ego. A psicanálise diz que ele é referido muitas vezes como o “bom senso”. E isso não é somente o que você acha que é certo. É aceitar que as experiências de cada um vão contribuir de alguma maneira para o trabalho. Entenda a si mesmo que suas chances de entender os outros, certamente vão aumentar.

Boa sorte!

As opiniões veiculadas nos artigos de colunistas e membros não refletem necessariamente a opinião do Administradores.com.br.

Powered by WPeMatico

Antiques

AdSense