Suspeito de gerenciar quadrilha morre em confronto em Águas Claras

Um homem, apontado pela polícia como gerente de uma quadrilha envolvida com o tráfico de drogas, roubos e homicídios, morreu baleado neste sábado, 11, após trocar tiros com a polícia no bairro de Águas Claras. De acordo com informações divulgadas na manhã deste domingo, 12, pela Secretaria de Segurança Pública da Bahia (SSP-BA), o líder da organização criminosa foi identificado até o momento pelo apelido “Cote”.

O caso aconteceu quando os militares começaram a fazer a abordagens na localidade conhecida como “Labirinto”. Um grupo de homens, que estava na Elísio Medrado, atirou contra os policiais. Depois os disparos, eles conseguiram fugir sem ser identificados.

Um deles, Jonatas dos Santos Martins, foi seguido por um helicóptero do Grupamento Aéreo (Graer) que dava suporte à operação. Após um confronto entre o suspeito e as guarnições, ele acabou sendo atingido pelos disparos. Segundo a SSP, o homem chegou a ser socorrido para o Hospital Eládio Lasserre, em Cajazeiras, mas não resistiu aos ferimentos.

Com Jonatas Martins, os policiais encontraram uma pistola com brasão da PM calibre 40, carregador e munições. Conforme o órgão de segurança, o caso foi registrado, na Corregedoria da PM, que vai apurar como a arma foi parar na mão do suspeito.

Militares realizavam abordagens na região de Águas Claras
Militares realizavam abordagens na região de Águas Claras

Powered by WPeMatico

Antiques

AdSense